Fim do NOVO

Com o apoio tímido de Jair Bolsonaro e sem grandes obras para mostrar, mesmo após ter recebido mais de R$37 bilhões de indenização da Vale S.A. devido à tragédia de Brumadinho, a candidatura à reeleição do atual governador de Minas Gerais, Romeu Zema, agoniza. Sem tempo de TV, sem dinheiro do fundo eleitoral e com um fortíssimo oponente, Zema deve sepultar de vez os planos do partido NOVO de se transformar em uma forte legenda alternativa ao PT e PSDB.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: