Genro do ex-presidente da OAS acusado de assédio sexual

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, que é casado com uma filha do ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, está sendo acusado por várias funcionárias da CEF por assédio sexual. A denúncia foi feita pelo excelente jornalista Rodrigo Rangel da plataforma Metrópoles. Outro detalhe muito importante é que ele estava sendo preparado para ser um dos candidatos de Bolsonaro à Câmara Federal pelo PL do Rio de Janeiro. O fato da maior gravidade fez com que, na noite de terça-feira, ele tivesse uma conversa com Bolsonaro que, muito irritado, proferiu palavrões e não disse se ele permaneceria ou não no comando da Caixa. Pedro Guimarães é amigo pessoal de Bolsonaro, mas atira num alvo que Bolsonaro está profundamente desgastado: o eleitorado feminino que é o maior do Brasil. Ontem, os presidenciáveis Simone Tebet e Ciro Gomes pediram a imediata demissão de Pedro e ele, sem nenhum acanhamento, ainda participou de um evento para liberar recursos para o setor agropecuário do Brasil.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: