Precinho camarada para armamentos pesados no Brasil

O jornalista Leandro Demori, em seu blog, faz uma revelação assustadora. Um dos poucos produtos que registraram baixa nos preços na inflacionada economia brasileira foram os fuzis, que circulam atualmente em grande quantidade pelo país. Segundo Demori, há tempos atrás, um fuzil custava cerca de 40 mil reais no mercado clandestino. E agora, com os diversos decretos do governo flexibilizando o controle das armas de fogo, eles custam, legalizados, cerca de 20 mil reais. Demori cita como exemplo uma apreensão recente de armas do Primeiro Comando da Capital-PCC, organização criminosa baseada em São Paulo, mas que vem se expandindo para outros estados. Os fuzis, metralhadoras e pistolas, segundo o jornalista, eram todos legalizados. Ainda segundo Demori, em 2020 foram importados 1.211 fuzis, carabinas, metralhadoras e submetralhadoras. Em 2021 foram 8.160. Não precisa ser bom em matemática para ter ideia do que isso significa.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: