“Portugal é aliado da Ucrânia, Brasil não”

A declaração é do presidente de Portugal diante da grosseira do presidente Bolsonaro, que repercutiu mundialmente. É lamentável que o ministro das Relações Exteriores do Brasil ainda não tenha apresentado uma desculpa.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: