Pedro tarado tenta operação abafa

O tarado da Caixa, Pedro Guimarães, tenta, desesperadamente, uma operação abafa. Zero chance de sucesso. Um verdadeiro rolo compressor está vindo em sua direção. Não adianta o silêncio cúmplice do chefe da nação e os inacreditáveis tuítes das deputadas bolsonaristas Carla Zambelli e Bia Kicis defendendo o indefensável, porque até a nova presidente da Caixa, apesar de bolsonarista raiz, já anunciou que não deixará pedra sobre pedra: “Não vou poupar ninguém. Apurarei com o rigor que o caso exige”, sustentou, ao afastar numa única penada 20 colaboradores próximos a Guimarães, todos coniventes em maior ou menor grau com as sandices do ex-chefe. O Tribunal de Contas da União também entrou em campo para investigar a Caixa após as crescentes e contundentes denúncias de assédio sexual e moral contra Guimarães, que insiste, descaradamente, numa inocência que não se sustenta em pé. O Ministério Público também quer explicações da instituição bancária que fez vista grossa durante três longos anos ao comportamento inescrupuloso do presidente e sua gangue de psicopatas sexuais. Muita água ainda vai rolar embaixo dessa ponte.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: