Ministério da Defesa deixa Avibras em crise

Preocupado em participar das eleições, o ministro da Defesa deixa a Avibras em crise. A empresa acaba de solicitar recuperação judicial e já demitiu 420 funcionários. As Forças Aéreas estão também em crise financeira, apesar dos bilhões de reais que o presidente Bolsonaro tem entregue a elas, mas somente para generais, brigadeiros, almirantes e coronéis em cargos civis.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: