Pacheco perdeu a “virgindade” com a denúncia do colega Marcos do Val

Quando o senador do Podemos Marcos do Val revela que recebeu R$50 milhões em emendas para votar no senador do PSD de Minas Gerais, Rodrigo Pacheco, para presidência do Senado, o “inocente” Pacheco perdeu a “virgindade” e o prestígio em Brasília. Aí pode ser revelado novo escândalo que provocou eleição de Pacheco contra a senadora do MDB, Simone Tebet. Este final de semana foi de muita agitação em Brasília e, até agora, o senador Rodrigo Pacheco não conseguiu provar a sua inocência.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: