Justiça da Bahia pode ter surpresa neste final de ano

Tanto na civil como na trabalhista, a Justiça da Bahia pode ter surpresas antes do final do ano. Nos dois casos, o volume de denúncias não para, tanto no Ministério Público Federal quanto na Polícia Federal. Os desembargadores afastados nos dois casos, advogados e juízes implicados estão sendo ouvidos. O procurador-geral da República, Augusto Aras, continua acompanhando inquéritos e processos nos dois tribunais baianos. Ele não esconde que quer banir da Justiça da Bahia a venda de sentenças e acabar com a corrupção. Prisões estão sendo prorrogadas e as delações premiadas já começaram. Elas complicam novos desembargadores e juízes.

Lula continua mentindo

Diante do trabalho excelente feito pela Polícia Federal, Ministério Público Federal e a competente turma da Lava Jato envolvendo Lulinha, o ex-presidente continua declarando que é vítima de perseguição da Justiça. Ele e seus filhos. Ocorre que a juíza federal Gabriela Hardt poderia ter mandado prender Lulinha e seus sócios e atender a um pedido do Ministério Público Federal e da Polícia Federal. Ela não o fez. Já foi vítima de ataques de petistas. Lula sem poder justificar a fortuna dos filhos continua a mentir. Ontem mesmo o seu instituto reconheceu que ele ainda tem seis processos para responder e agora tem que acompanhar o de Lulinha. O instituto Lula afirma que ele não pode sair de São Paulo e que não passam de fake news as informações de que ele ia morar em Salvador. Dificilmente o ex-presidente não vai sofrer uma nova punição.

Maia e Alcolumbre enterram o DEM

A bancada federal do DEM já é frágil na Câmara dos Deputados: apenas 27 parlamentares, dos quais dois foram pinçados para o ministério de Jair Bolsonaro: o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni e a ministra da Agricultura, Tereza Cristina. Além dos dois, Luiz Mandetta, ministro da saúde que não tem mandato. Em todas as manifestações de rua contra corrupção, Alcolumbre e Maia são sempre destacados. Eles insistem em querer esvaziar a Operação Lava Jato e essa semana, num trabalho excepcional no Senado, foi votado e aprovado o projeto que mantém prisão em segunda instância. Os dois esbravejaram e afirmaram que a Câmara só vai votar depois do mês de fevereiro quando retornar do recesso. Maia tem dificuldades de se reeleger deputado federal no Rio e Alcolumbre quer eleger o irmão prefeito da capital Macapá. Dificilmente vai conseguir.

A verdadeira tartaruga ninja

Rodrigo Maia conduz com maestria o engavetamento de projetos de interesse da sociedade. Com seu subalterno Davi Alcolumbre no comando do Senado ficou ainda mais fácil esvaziar qualquer medida que ponha em risco a oligarquia política corrupta que defende. Foi assim com a Dez Medidas de Combate à Corrupção, com a PEC já aprovada no Senado em 2018 tratando do fim da imunidade parlamentar, o esquartejamento do projeto Moro de Combate a Criminalidade e agora a PL aprovada na CCJ do Senado estabelecendo prisão após condenação em segunda instância. Como um verdadeiro ninja Maia conduz com passos de tartaruga todos esses projetos. Trata-se hoje da figura política mais nefasta ao avanço da justiça no Brasil, pior até que a trinca do STF.

Garotinho, Rosinha e Pezão soltos: só falta Cabral

Garotinho e Rosinha entram e saem da prisão, sempre com aval dos Tribunais Superiores de Brasília. Pezão ontem foi solto, agora só falta Cabral. Aliás, ele quer fazer uma delação premiada envolvendo ministros dos Tribunais Superiores de Brasília. A verdade é que o Ministério Público, a Polícia e os órgãos federais prendem e os Tribunais Superiores de Brasília soltam. 

Ano legislativo acabou

Ontem, Câmara e Senado estavam vazios. Eles só vão voltar à Brasília no dia 17 para votar a lei orçamentária. Daí em diante viajam para seus estados. Tem um problema: o presidente Jair Bolsonaro já mandou avisar que vai vetar o aumento do fundo eleitoral de R$ 4 bilhões. Alguns deputados e senadores já pensam em reduzir para R$ 2,5 bilhões e assim mesmo estão com medo de que o presidente Jair Bolsonaro vete. A CCJ do Senado quer concluir a votação da prisão em segunda instância na próxima semana. Vai ser uma nova luta dos que querer moralizar o país contra os que estão a favor corrupção. 

Prefeitura de Recife fica com a esquerda

Túlio Gadelha do PDT, que é namorado da apresentadora Fátima Bernardes da Globo, João Henrique Campos, bisneto de Miguel Arraes e filho do senador Eduardo Campos do PSB, e Marília Arraes, bisneta de Miguel Arraes, são os três que vão disputar a prefeitura de Recife. Daí vai sair o nome do futuro prefeito da capital pernambucana. Vai ser uma dura luta, isso os pernambucanos afirmam.

Recalque total

Nas redes sociais, ganhou destaque negativo os comentários de apresentadores da Globonews sobre a avaliação dos principais ministros do governo de Jair Bolsonaro. O baixo nível dos comentários e o inconformismo dos jornalistas com o desempenho dos ministros revelam que tanto na TV aberta, quanto na TV paga, o recalque do grupo Globo com o governo de Jair Bolsonaro é geral.

Efeito Funaro

Revelações de Lúcio Funaro sobre a operação multi bilionária envolvendo a Caixa e a Alpargatas deverá colocar a família Batista de volta no olho do furacão. A planejada e esperada transferência da sede da JBS para o exterior dificilmente irá sair do papel. 

Geddel será transferido escoltado

O relator da Lava Jato no STF, ministro Edson Fachin, autorizou a transferência do presidiário Geddel Vieira Lima da Papuda em Brasília para o presídio da Mata Escura em Salvador, sob escolta. O advogado de Geddel pediu sigilo sobre o deslocamento dele de Brasília para Salvador a fim de evitar a imprensa. O fato é que Geddel Vieira Lima ficou marcado na opinião pública pelas malas com R$ 51 milhões e suas propriedades e de sua família, que até hoje nem ele, nem a mãe e o irmão, revelaram de onde veio o dinheiro. É o triste fim para ele, a mãe dona Marluce, o irmão Lúcio Vieira Lima.

Golpe fatal em Lula

Ontem, o ex-presidente Lula sofreu mais um duro golpe quando finalmente o seu filho, Lulinha, foi apanhado em uma operação que vinha se desenvolvendo há alguns anos. Lulinha, aliás, sempre foi apontado como proprietário de uma grande fortuna, com fazendas e gados em vários estados brasileiros, inclusive no Pará. Chegou a ser noticiado que um dos seus sócios era o banqueiro Daniel Dantas, que sempre negou o fato. Um dos melhores amigos do casal Lula e Marisa revelava ontem que dona Marisa pedia à Lula para não envolver os filhos nas trevas criminosas da política. Tudo indica que Lula não ouviu a mulher e ontem a Polícia Federal, Ministério Público e Justiça fizeram revelações estarrecedoras. 

Na Bahia, as principais agências de publicidade foram apanhadas pela Lava Jato

As três principais empreiteiras, Odebrecht, OAS e UTC; políticos como Geddel e Lúcio Vieira Lima e até mesmo o senador Wagner; os Tribunais do Trabalho e Civil e as principais agências baianas de publicidade que tinham como proprietários Duda Mendonça e João Santana Filho. Agora, foi a vez da Propeg que trabalhou para a dupla Oi/Telemar, responsável no esquema criminoso de alguns milhões de reais. Será difícil a Propeg desmentir o fato, porque na realidade ela trabalhou tanto para Oi como para Telemar no período em que explodiu o escândalo.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: