Elo cruel

Continua repercutindo no mercado financeiro as prisões de altos executivos do Banco Paulista. Com base em aprovações solicitadas aos superiores em e-mails por um dos presos para operações de câmbio, os investigadores da Lava Jato conseguiram obter provas concretas que concluir que o Banco Paulista e a Corretora Socopa operavam na prática como uma empresa só. A separação entre empresas e executivos era apenas de fachada e servia para tentar segregar riscos e eventuais passivos.

Próxima vítima

Operações de importação de milhões de reais em espécie do Paraguai colocaram o tradicional Banco Rendimento no mesmo rastro dos esquemas de lavagem de dinheiro do qual participou o Banco Paulista.

Recife e Fortaleza dominam o Nordeste

Os aeroportos de Recife e Fortaleza são hoje os mais importantes e mais movimentados aeroportos do Nordeste. Deles dois partem e chegam os principais voos da Europa, América do Norte e Ásia. Salvador, Aracaju, Maceió e até o Piauí, os aeroportos são secundários. Os voos principais estão conectados nas capitais pernambucana e cearense.

 

As redes sociais estão vencendo

O recuo de Davi Alcolumbre e Rodrigo Maia não é sem razão. As redes sociais estão dominando o país e denunciando o centrão, isto até o próprio Maia reconheceu. Agora mesmo o juiz Wilson Witzel acaba de pautar: “Não existe crise no governo, existe crise no Congresso, que não está acostumado a trabalhar sem propina e cargo”.

Moro é o cara

Está nas redes sociais “vamos aprovar o pacote anticrime do ministro Sérgio Moro”. A foto é do próprio ministro da Justiça e Segurança Pública e com ela a população está chamando para o ato no dia 26 pelo impeachment de Dias Toffoli e Gilmar Mendes e pela manutenção da Lava Jato.

O Rio venceu

A empresa Rio Motosports foi a vencedora da licitação para construção e administração do autódromo do Rio de Janeiro. Uma Parceria Público-Privada que não terá um vintém de recursos públicos. O governo Bolsonaro vence mais uma.

Na CAE Otto pede extinção de agências corruptas

O senador Otto Alencar solicitou ontem na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado a extinção de agências reguladoras, já que afirmou serem todas corruptas. Ele citou a agência de transportes cujo dirigente é afilhado de Valdemar Costa Neto, julgado, condenado e preso e hoje comanda o PR que integra o centrão ao lado de Ciro Nogueira, Gilberto Kassab, Rodrigo e Cesar Maia, Arthur Lira e Agnaldo Ribeiro, entre outros. O pedido de Otto teve o apoio de todos os seus companheiros da CAE.

PTB quer a reforma

O presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, em pronunciamento nas redes sociais, afirma que a casta da previdência no Brasil, que vale dizer funcionários públicos, ganham 33 vezes mais que o trabalhador normal. Afirma Roberto Jefferson que a elite do funcionalismo federal teve 270% de aumento real nos governos Lula e Dilma. O apelo de Roberto Jefferson está nas redes sociais.  

Os verdadeiros vilões da Vale S.A.

As tragédias e o terrorismo promovidos pela mineradora Vale S.A. tem refrescado a memória de vários que assistiram bem de perto à sua privatização. Naquela época, os “campões nacionais” eram outros. Escolhidos a dedo pelos tucanos de alta plumagem como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso,  o senador e então ministro José Serra e o deputado federal e ex-presidente da Câmara Aécio Neves, Benjamin Steinbruch e o Banco Bradesco lideraram a privatização da mineradora.

Os verdadeiros vilões da Vale S.A. II

Após um golpe de mestre e com a ajuda do BNDES e de José Serra, que fez fortuna com a assessoria, o playboy paulistano, até então filho do controlador de uma tecelagem em dificuldades financeiras, deixou a Vale S.A. para ficar com a também privatizada Companhia Siderúrgica Nacional. Com sua saída, FHC e os governos que o sucederam promoveram uma enorme parceria público privada entre o Banco Bradesco e os fundos de pensões das estatais para controlar a Vale. À frente da mineradora, o banco de Osasco investiu bilhões do dinheiro ganho destruindo o meio ambiente mineiro no exterior. Aventuras bilionárias e centenas de milhões de reais para executivos nunca faltaram em uma das maiores PPPs do planeta. O que as tragédias revelam agora é que sempre só faltaram recursos para recuperar o meio ambiente e as pessoas, vítimas da mineração.

Os verdadeiros vilões da Vale S.A. III

Pobre das Minas Gerais que diariamente vê o drama de seus filhos com as barragens que já romperam ou estão para romper. Junto com as barragens tem ido embora a esperança e a crença de seu povo em dias melhores. Os gestores de crise, como o baiano Nizan Guanaes, e os advogados da Faria Lima, infelizmente, não vão lhe trazer nenhum consolo. Seus esforços, suas mentes brilhantes e as centenas de milhões de reais à sua disposição serão utilizados para calar ou comprar o silêncio dos inocentes, do governo e da justiça. Quem sabe um dia os realmente os vilões da Vale S.A. sejam julgados merecidamente pelo povo mineiro. No país da Lava Jato tudo é possível.

Líder do governo afirma que Maia recebeu dinheiro da Odebrecht

A líder do governo no Congresso, a deputada federal Joice Hasselmann, postou em sua rede social uma denúncia gravíssima. Ela afirma que na delação premiada da Odebrecht foi dito que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, recebeu 350 mil reais na própria residência. A afirmação da parlamentar é gravíssima e deve merecer uma resposta do presidente da Câmara. Os Grupo Globo e Folha de São Paulo não divulgam nada, nenhuma denúncia contra Rodrigo, mas esta tem que ter uma resposta.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: