Tem até dança

Não é só no Rio que filha e filhos de emedebistas presos na lava a jato tem contado com muito dinheiro do fundo partidário. Danielle, filha de Eduardo Cunha, os filhos de Sérgio Cabral e Picciani, são os candidatos com as maiores quantias para as campanhas. Na Bahia Lúcio, o irmão de Geddel Vieira Lima, está distribuindo dinheiro a rodo pelo interior do estado. Ele aliás é quem distribuiu dinheiro porque comanda o MDB. O blog de maior audiência na Bahia Bocão News já denunciou o fato embora Lúcio tenha processo de cassação em andamento na câmara e processo criminal no STF. O que causou revolta foi o vídeo dele dançando na sua campanha eleitoral.

A senadora campeã mundial de vôlei

A inesquecível Leila Barros, que tantas glórias deu ao voleibol feminino no Brasil, lidera a corrida para o senado em Brasília. Está na frente do ex-governador e atual senador do DF Cristovam Buarque. Leila do vôlei, como é conhecida, além de toda experiência e disciplina que pode trazer do esporte, também traz a bagagem de ter assumido a secretaria de Esportes e Lazer do Distrito Federal de 2015 à abril de 2018.

Neto, o pé frio

No congresso nacional e principalmente na câmara dos deputados o que mais se fala no momento é que o presidente nacional do DEM, ACM Neto, desde que assumiu o cargo levou o partido a sucessivas derrotas. Tentou a candidatura do amigo Rodrigo Maia a sucessão presidencial. Rodrigo não saiu o 1% e desistiu. Foi um dos maiores defensores da candidatura de Geraldo Alckmin que não vai para lugar nenhum. Tentou que o partido punisse o deputado Onyx Lorenzoni pelo apoio a candidatura de Jair Bolsonaro e não conseguiu. Onyx, numa eleição de Bolsonaro, vai ser o político mais forte junto ao presidenciável. O DEM foi para o centrão e hoje está sem direção. No presente cenário na Bahia ele sofre uma humilhante derrota na última pesquisa do Ibope e o atual governador Rui Costa do PT se reelege no primeiro turno. Quanto ao candidato de Neto, o ex-prefeito Zé Ronaldo, sequer chega aos dez por cento.

Sem criatividade

As campanhas políticas da sucessão presidencial em rádio e televisão não empolgaram ninguém. Não decidiram nada. Bolsonaro e Haddad estão na liderança com vantagens. O que se fala é que gênios como Duda Mendonça e João Santana não se encontram mais. A prova está aí.

A volta por cima

Depois de ser inocentado pelo STF de todas as acusações que levaram o Senado a caçar injustamente o seu mandato, o ex-senador Delcídio Amaral lançou ontem em Campo Grande a sua candidatura ao Senado pelo PTC. Apesar de apenas faltarem 16 dias para a eleição, a euforia tomou conta do eleitorado que quer a volta de Delcidio Amaral ao Senado.

O teimoso

O prefeito de Salvador ACM Neto é o único membro do Democratas que ainda insiste em apoiar a fracassada candidatura do PSDB à presidência da república. Com cada vez menos voz no partido e sem o governo da Bahia, Neto deverá ser substituído em breve na presidência do DEM por um dos governadores que serão eleitos pelo partido nas eleições de outubro deste ano.

De primeira: O blog antecipou

Este blog antecipou que Fernando Haddad ia dar trabalho, não foi? Ele já faz até planos para quando chegar a presidência da república: uma reforma política será feita mediante Decreto. Cargo público só para concursados. Na Petrobras os cargos serão ocupados mediante concurso interno e com isto não haverá indicação política. O Nordeste e a Bahia vão ganhar peso na composição do seu governo. Desde o início este blog apostou em Fernando Haddad e hoje ele já está disputando com Jair Bolsonaro. Ninguém tem mais dúvidas que os dois vão disputar o segundo turno.

Cedraz protege filho delinquente

Ex-deputado federal e estadual pela Bahia, ex-presidente do Tribunal de Contas da União e atualmente um dos seus ministros, o baiano Aroldo Cedraz continua a proteger o filho, Tiago Cedraz, que já foi denunciado em várias operações policiais, inclusive na Lava Jato, o pai o livrou da cadeia. Ontem na operação da Polícia Federal, a sua casa foi totalmente revistada e foram apreendidos documentos da Operação Registro Espúrio que atingiu o Ministério do Trabalho. Foi expedida contra ele uma ordem de prisão, mas o pai mais uma vez o ajudou. O ministro Fachin do STF não atendeu ao pedido da polícia federal.

Armadilha

O Ministério Público Federal e a Polícia Federal estão intensificando inquéritos e prendendo agentes públicos, políticos, empresários corruptos, justamente para que o STF tenha trabalho. Alguns ministros liberam os criminosos e a Polícia Federal os prende. Vamos ter muitas prisões até o final do ano.

Ditador cruel

As imagens divulgadas por ele mesmo nas redes sociais do ditador Maduro jantando no mais luxuoso restaurante da Turquia e comendo carnes nobres e caríssimas estão sendo exibidas pelas principais televisões do mundo todo. Enquanto o povo venezuelano foge da fome, Maduro choca o mundo divulgando as imagens. E pensar que o Brasil é contra uma intervenção na Venezuela.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: