Veneza: não aos cruzeiros marítimos

Agora é lei: daqui a cinco dias (dia 1°), os navios de cruzeiro não poderão entrar nas águas da famosa Veneza. Os protestos dos residentes com o lema “No Grandi Navi” venceu a batalha, que ficou mais intensa depois da recente grande inundação que ameaçou a arquitetura histórica do local. Vários argumentos contrários à entrada de grandes navios com superlotação de milhares de passageiros, e desembarcados para tours relâmpagos e pouco rentáveis ao turismo pesou bastante para a proibição náutica. Outro argumento – de engenharia – defende que a navegação dos grandes navios coloca em risco as fundações dos antigos casarios que foram erguidos sobre palafitas do século V, além de afetar negativamente, também, o ecossistema náutico local.

Declínio baiano

Enquanto a Record dá um show de audiência, com o apresentador José Eduardo, a Rede Bahia anda em baixa. Quando o assunto é jornal impresso, quem se encontra no fundo do poço, na lona mesmo, é o Correio da Bahia, gerido por parte da família Magalhães. Nesse impresso matutino, o comentário de bastidores é que supostos delatores, alguns até malucos, andam pagando pixuleco para obter notinhas ameaçadoras na outrora respeitada coluna Satélite. Coisa de jornalista júnior, amador e pena alugada.

Ouro e prata: o Nordeste orgulha o Brasil

Ítalo Ferreira do Rio Grande do Norte, medalha de ouro no surfe, e Raysa Leal do Maranhão, medalha de prata no skate. São dois nordestinos que orgulham o Brasil e estão sendo alvos de merecidas homenagens. Curiosamente, só o presidente da República Jair Bolsonaro continua alheio aos feitos brilhantes dos dois nordestinos. Ele só entende de corrida de moto.

Nova e grave complicação internacional do presidente da República

Já ganhou destaque, dentro e fora do Brasil, a foto e a notícia de que o presidente da República recebeu, no Palácio do Planalto, uma neta de um dos ministros do monstro Adolf Hitler. A deputada alemã Beatrix Von Storch é do Partido Alternativa para a Alemanha que está sendo investigado pelos órgãos de segurança germânicos pela defesa de ideais nazistas. O curioso é que a deputada Bia Kicis e o deputado Eduardo Bolsonaro são os anfitriões da deputada alemã. O fato já está sendo noticiado na imprensa internacional com críticas duríssimas ao governo brasileiro. 

Renan não acredita em Ciro

O relator da CPI da Covid, senador Renan Calheiros, afirmou que o senador Ciro Nogueira não terá êxito na Casa Civil de Bolsonaro. Ninguém conhece mais o presidente da República do que o senador Alagoano. 

Recomendação Sem Graça

Na Bahia, uma promotora do Ministério Público Estadual decidiu que é preciso colocar o pé no freio e reduzir o ritmo de investimentos do governo estadual na área da saúde. Para proteger o que entende como ameaça ao patrimônio urbanístico, a Dra. Cristina Graça recomendou a paralisação das obras de reforma de um hospital erguido em 1942 e que seria transformado num moderno centro de referência para doenças pulmonares. No entender da representante do Parquet baiano, para proteger as varandas estilo Art Déco, vale deixar a população a sofrer mais tempo sem um hospital de alta complexidade na área.

A lista de pré-candidatos ao governo da Bahia continua crescendo

O PT já lançou Jaques Wagner. O DEM, ACM Neto. Agora, ninguém tira da cabeça do vice-governador João Leão a pré-candidatura dele ao governo da Bahia. Há, no momento, sugestões para unir PSL, PP e DEM na Bahia. Não é impossível, mas é difícil. O PT é o partido mais forte no estado, mas sempre recorre a João Leão, do PP, e Otto Alencar, do PSD, para dominar a Bahia em quase 16 anos. Tem agora um novo protagonista, o deputado federal Elmar Nascimento, que vai deixar o DEM e vai assumir o comando do PSL e tem as bençãos do presidente Jair Bolsonaro. A briga na Bahia, como se vê, vai ser interessante. 

Governadores de oposição lideram no combate à Covid

Todos os estados do Nordeste que fazem oposição ao governo Bolsonaro estão registrando boa performance nas suas campanhas locais de vacinação, apesar das derrapadas na administração de envio de doses do Programa Nacional de Imunizações para todo o país. Os governadores da Bahia, Piauí, Maranhão, Ceará e Rio Grande do Norte entenderam, desde o início da pandemia, que a gestão da imunização contra a Covid-19 voltada para suas populações seria o único caminho para a saúde coletiva – e igualmente para os seus êxitos nas urnas 2022. Só Bolsonaro não enxerga isso, baseado em seu negacionismo superlativo, que a ação de vacinar é o único caminho possível frente à pandemia. O lamentável é que com quase 550 mil mortos o presidente Bolsonaro ainda sorri. 

A oposição tira proveito

Aliás, enquanto Bolsonaro cria e enfileira, diariamente, problemas de todos os tamanhos, o ex-presidente Lula (PT-SP) e o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS) programam e anunciam viagens ao Nordeste, agora em agosto. Lula planeja passar por cinco estados iniciando por Pernambuco, enquanto Mandetta começa a marcar compromissos importantes na região, com destaque ao tema saúde pública. O governador gaúcho Eduardo Leite, inclusive, retornou agora da primeira visita política por lá, colocando chapéu de coco na cabeça e pandeiro na mão. Um sucesso!

Governo quer cortar gordura no Sistema S

No Congresso Nacional, a ordem do governo, leia-se Ministério da Economia, é cortar gastos milionários no Sistema S. A reação é muito forte, já que são bilhões de reais à disposição de um segmento que já esteve envolvido em vários escândalos. Ninguém sabe o rombo que esse Sistema já deu ao país. 

O ministro da Defesa que não honra o cargo

Poucas vezes no Brasil um general de Exército quatro estrelas foi tão desmoralizado como o atual ministro da Defesa, Walter Braga Netto. O próprio presidente da República, Jair Bolsonaro, se encarrega de fazer dele uma marionete, melhor dizendo, gato e sapato. Ontem, um dos mais brilhantes jornalistas do país e o de maior prestígio na área militar, Élio Gaspari, em artigo publicado nos maiores jornais do país, escreveu: “O mundo de Braga Netto. No dia 23 de abril do ano passado, durante a crise com o ministro da Justiça Sérgio Moro, ele disse que Moro não sairia. Moro saiu. Em fevereiro de 2018, ao assumir a interventoria da segurança do Rio, Braga Netto disse que havia ‘muita mídia’ em torno do assunto. Ainda bem que existem bons repórteres e muita mídia”. No último final de semana, ele saiu em algumas quadras de Brasília de moto com o presidente Bolsonaro, enquanto isso, está alheio à reação de praças e cabos das três Forças Armadas que não tiveram aumento. Somente os oficiais. Decididamente, ele já foi eleito o pior ministro da Defesa que o Brasil já teve. 

Um grupo de adolescentes de São Paulo assusta a Bahia

Há alguns dias, apartamentos de luxo em Salvador foram assaltados por um grupo de adolescentes vindos de São Paulo. No último final de semana, um deles foi preso. O que chamou a atenção da polícia é que a faixa etária é de 13 a 18 anos. Eles são conhecidos, mas o lamentável é que ninguém conhecia esse novo grupo que já há algum tempo vem assaltando as residências mais ricas de São Paulo e Pernambuco e agora desembarcou na Bahia. Já não basta a violência dos nativos baianos. A “garotada” de São Paulo é muito mais inteligente, embora extremamente periculosa e está dando trabalho à polícia baiana. 

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: