Dinheiro de mentira II

As dificuldades impostas aos empresários, como fianças bancárias de grandes bancos para ter acesso aos recursos dos fundos constitucionais repassados pelo Banco do Nordeste, têm desestimulado empresários a investir na região. Quando o altíssimo custo das fianças de Bradesco, Itaú ou Santander é colocado na conta do custo total dos empréstimos do BNB, são poucos os que ainda optam pelo banco de fomento. O resultado é que a maioria das empresas tem cancelado investimentos que poderiam gerar centenas de milhares de empregos. Por outro lado, as empresas com capacidade de contratar as fianças exigidas têm optado pelo mercado de capitais ou até mesmo por empréstimos diretos juntos aos bancos privados. Enquanto persistir esta situação que lembra a discussão do ovo ou a galinha, o dinheiro do BNB para os empresários brasileiros será um dinheiro de mentira.

Resultados falam mais que palavras

A queda de 22% nas mortes violentas nos primeiros cinco meses de 2019 consolidam as diretrizes de segurança traçadas por Moro no Ministério da Justiça. Nem hackers e seus apoiadores vão interromper essa trajetória. O Brasil pediu segurança e o fim da corrupção e Moro sabe como entregar. Deixem o homem trabalhar.  

Alugam-se acervos

Vencedora do certame para a construção do centro de convenções de Salvador, a Axxo Construtora, que já há algum tempo vem sendo chamada pelos concorrentes de Nova OAS por causa das ligações umbilicais com ACM Neto, teve que se associar com outra construtora, a Andrade Mendonça, para conseguir os atestados para participar da licitação. Com pouca experiência e sem atestados, para ganhar as grandes obras originadas por membros de seu clubinho a Axxo tem recorrido às empreiteiras sem acesso ao clube para alugar seus acervos.

Saída dos campeões nacionais

Após a forte alta das ações de frigoríficos no primeiro semestre, uma das primeiras missões do novo presidente do BNDES será vender as participações multi bilionárias do banco no setor. Somente com a venda da participação na JBS, cujas ações dobraram de valor no período, o banco levantaria cerca de R$14 bilhões.

Sem qualificação

Após passar uma temporada atrás das grades, o maior acionista do Banco BTG há muito tempo perdeu as exigências do Banco Central para continuar banqueiro. A regra é clara e exige que banqueiros sejam homens probo, de boa fé e reputação ilibada. Quem acompanha de perto o BTG, sabe que Esteves continuará contando com a vista grossa de fiscais de carreira do Banco Central, que já deveriam ter se aposentado, mas que continuam na ativa para ganhar uns trocados por fora dos banqueiros que não querem perder seus títulos de nobreza.

André Esteves no radar da PF e PGR

O ex-presidiário André Esteves entrou no radar da Polícia Federal e da Procuradoria-Geral da República. Depois de ser preso e cumprir cadeia pela Operação Lava Jato, ele comprou o controle da Veja e está envolvido na trama para derrubar a Lava Jato. O curioso é que o marqueteiro Nizan Guanaes, que não gosta de acordar cedo, foi visto sexta-feira às oito da manhã se dirigindo ao gabinete do BTG. A Veja, que está perdendo assinaturas e venda em bancas, volta a atacar esta semana a Operação Lava Jato. 

O jovem sem TV

A televisão já foi considerada item essencial na casa de uma pessoa. Quem nunca ouviu uma história de uma pessoa que tem móveis mais simples em casa, mas com certeza uma televisão boa? Com o avanço da internet e de aparelhos como tablets e smartphones, a TV está ficando em segundo plano. O uso do aparelho que já se tem em casa está diferente, uma vez que a programação online é muito variada e de fácil acesso através de YouTube, Netflix e muitos outros. Desde 2016 a TV aberta tem observado uma queda de audiência em programas que antes eram infalíveis, como novelas e jornais. Para se adaptar a essa nova realidade a solução foi participar desse universo sob demanda online. A Globo criou o Globo Play, a Record o PlayPlus, a HBO o HBO GO e até empresas que aparentemente não são do segmento querem uma fatia desse mercado como a Amazon com o Amazon Prime. Para quem está indo morar sozinho a TV não está no topo da lista de prioridades, principalmente entre os mais jovens que cada vez menos fazem questão do aparelho em casa. Assistir um conteúdo muito variado, pelo celular, notebook ou tablet, pagando consideravelmente menos que uma TV por assinatura e com muito mais qualidade que a TV aberta é cada dia mais a onda do momento.

Senadores independentes querem CPI a partir de agosto

Na sessão de ontem do Senado, vários senadores voltaram a cobrar que o presidente Davi Alcolumbre instale em agosto a CPI da Toga, que teve 29 assinaturas e conteúdo bombástico. Querem também uma revisão do fundo partidário, achando que a população está sendo lesada. Mesmo assim, um deputado da Bahia solicitou uma aumento de R$ 2 bilhões para o fundo. Além disto, os senadores independentes querem acabar com o foro privilegiado e manter a prisão em segunda instância. Ontem, Plínio Valério, Reguffe, Eduardo Girão e outros prometeram na sessão que vão pressionar Davi Alcolumbre, responsável por evitar as CPIs.

DF dá exemplo de educação de trânsito

Em Brasília o governo iniciou uma campanha para educar o seu motorista de trânsito. Radares foram colocados em pontos estratégicos e flagram os motoristas que cometem infrações. Eles recebem o comunicado, mas não pagam multa. A campanha é educativa, está dando resultado e o número de acidentes caiu. No Distrito Federal não existe indústria de multas como em Salvador, onde a Transalvador diariamente multa centenas de motoristas, muitos deles sem condições de pagar as multas e por isso mesmo com seus táxis rodando em situação irregular.

Bebê chorão, é porque ele fica nervoso

Ontem na Câmara dos Deputados, parlamentares do Rio de Janeiro comentavam que sempre que o deputado Rodrigo Maia fica nervoso chora. Não é por emoção. Lembraram inclusive quando num dos seus primeiros discursos em homenagem a Leonel Brizola, ele chorou o tempo todo. Esta cena se repete sempre, ele não fica emocionado, fica nervoso. Um parlamentar baiano lembrou uma frase de um velho vaqueiro: “Não confiem no homem que chora por tudo ou na mulher que não chora por nada”.

Axxo, a nova OAS da Bahia

Os métodos são parecidos, mas as cabeças diferentes. Entre as empreiteiras brasileiras assusta como a Axxo da Bahia, ganhadora de uma obra de R$ 150 milhões no porto de Santos, construindo o Centro de Convenções de Salvador e os principais hospitais da Secretaria de Saúde do estado, está enriquecendo. Este crescimento do grupo chama atenção em todo país e lembra a OAS no velhos tempos. A Axxo chegou ao porto de Salvador, mas o governador Rui Costa já foi alertado enquanto o prefeito de Salvador, ACM Neto, continua leniente, já que a Axxo tem ligações com os Magalhães.

Reação a ato do parlamentar baiano

O Senado vai derrubar o ato do deputado federal Cacá Leão do PP da Bahia que, conforme este blog antecipou, colocou mais R$ 2 bilhões para as eleições municipais de 2020. O fato repercutiu negativamente não só em Brasília como em todo país. Afinal de contas o Brasil atravessa uma crise sem precedentes. Cacá Leão não teve nenhuma sensibilidade política.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: