Morre um professor

O corpo do jornalista Toninho Drummond será cremado hoje em Formosa. Ele morreu no último sábado em Brasília, vítima de falência múltipla de órgãos. Foi de uma constelação maravilhosa de jornalistas políticos de Minas Gerais. Com ele, Alberico de Souza Cruz e Ronan Soares. O editor deste blog teve a felicidade de ser aprendiz desse trio no Rio de Janeiro e em Brasília. Ninguém entendeu melhor a alma do jornalista Roberto Marinho. Toninho foi seu homem de confiança em Brasília até os seus últimos dias.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: