Desiquilíbrio

O pré-candidato do PDT à sucessão presidencial, Ciro Gomes, continua o mesmo. Nesta semana chamou o presidente Temer de “ladrão”. Usou o mesmo estilo para atacar o presidente nacional do MDB, o senador Romero Jucá. Qualificou o deputado Jair Bolsonaro de “tresloucado, boçal, despreparado e câncer”, só faz ofender. Foi assim no passado, e agora no presente.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: