O empresário-juiz

No mesmo dia (04/06/18) em que foi enterrado no Rio de Janeiro o contador Augusto César Silva Andrade (38 anos), fuzilado pelas costas em tentativa de assalto dentro de casa, na frente da esposa e filho de 11 anos, o empresário e ministro do STF, Gilmar Mendes, acatou habeas corpus e liberou mais quatro doleiros presos na Operação “Câmbio, Desligo”. Esta quadrilha que operava há 15 anos no Rio, mandou para o exterior bilhões de dólares. Várias informações já chegaram ao STF contra Gilmar Mendes. É lamentável que ele continue liberando corruptos presos pela Justiça de primeira instância. Até agora já foram 20 habeas corpus.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: