Demissão em massa na Abril

Nesta segunda-feira, a editora Abril demite 600 funcionários. Das revistas só vão sobrar a Veja, a Exame e a Cláudia. É a crise que atinge um dos maiores grupos jornalísticos do Brasil.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: