O nome sempre foi ele

Este blog sempre reafirmou que no impedimento do ex-presidente Lula em disputar a sucessão presidencial; o nome que ele queria era do ex-ministro e prefeito de São Paulo, Fernando Haddad. Lula sabia desde o início que o ex-ministro Jaques Wagner não teria condições de ser o seu substituto. Na Bahia, ele tem processo na Polícia Federal por receber propina da Odebrecht, e em Curitiba, o ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, falou que deu dinheiro ao ex-ministro. Lula sabia de tudo, afinal era amigo de Emílio Odebrecht e do ex-presidente da OAS Léo Pinheiro.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: