Na Globo é assim 

A Globo vai lançar no próximo dia 15 o livro e o e-book do projeto Correspondentes, que conta a história do trabalho realizado por seus correspondentes internacionais. Mas um dos personagens importantes desta história vai ficar de fora, por que não assinou o “termo de autorização de uso de imagem e voz”. Luiz Demétrio Furkim, carinhosamente chamado de Baiano ou Tucano pelos amigos, deixou a emissora no ano passado.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: