Grupo Safra, um caso de polícia

Este blog tem alertado as autoridades brasileiras sobre os desmandos do Grupo Safra no Brasil. Neste último domingo, na sua respeitada coluna no Folha de São Paulo, o competente jornalista Elio Gaspari publicou; “TUNGA – Um brasileiro que sabe fazer contas jura que queria trocar US$ 100 no guichê do banco Safra da área de desembarque do aeroporto de Guarulhos, e disseram-lhe que receberia R$ 250. O dólar estava cotado a R$ 3,70. A turma do Safra informa que nada tem a declarar. Talvez o Banco Central tenha. Eremildo, o idiota, aceita ficar ao lado do guichê do Safra oferecendo R$ 3,00 por cada dólar, mas se fizer isso, vai preso”.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: