Só corrupção explica

A declaração de bens de alguns deputados federais da Bahia mostra que o patrimônio de alguns dobrou nos últimos quatro anos, o que seria impossível só com o salário recebido por eles. No ranking dos milionários estão: Lúcio Vieira Lima que passou de R$ 7.720.882,46 em 2014, para R$ 11.235.928,92 em 2018. Cláudio Cajado também impressiona pelo patrimônio, em 2014 era R$ 7.876.713,48 e hoje R$ 11.124.956,55. O do presidente do Conselho de Ética, Elmar Nascimento, mais que dobrou, passou de R$ 1.493.787,72 em 2014 para R$ 3.092.652,53 em 2018. Como é que essa gente tem coragem de pedir voto ao eleitor pobre?

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: