Abuso de poder

Desde 18 de julho de 2018, o patrimônio de aproximadamente R$200 milhões dos cerca de 10 mil cotistas do fundo de investimento imobiliário Mérito foi indevidamente bloqueado pelo colegiado da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), gerando prejuízos incalculáveis a milhares de investidores devido às acusações comprovadamente sem fundamento do time técnico da autarquia. O caso, com grande repercussão negativa no mercado de capitais brasileiro, já afetou a distribuição uma série de ofertas de produtos similares que captariam bilhões de reais para investir no combalido setor imobiliário.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: