Não se conseguiu evitar as fake news

Controlar as notícias falsas foi impossível nesta eleição, pela quantidade e pela velocidade da disseminação via internet. Até agora não se viu punição, o que poderia ter controlado os boateiros. Pequenas mentiras, montagens de mau gosto e até perigosas, fizeram alguns estragos, e os próprios candidatos perderam tempo precioso alertando os eleitores. Sem limites, as redes sociais foram tomadas por calúnias, difamações, falsos testemunhos, e até montagens de orgias com candidatos. Nunca se chegou tão baixo. Políticos e marqueteiros não souberam lidar com o jeito novo de tentar derrubar uma candidatura, e, com certeza, lembraram e tiveram saudades dos antigos “panfletos apócrifos” usados por muitos partidos e candidatos, antes da internet, e que eram muito mais fácil de combater.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: