Hora de união

Passadas as eleições, é hora de reduzir os ânimos e pensar no futuro do país. Incitações à violência por parte de movimentos como o MST e ex-integrantes das forças armadas precisam ser combatidas e criminalizadas. Em um país com tantos desafios e dificuldades pela frente, daqui para frente a ordem será trabalhar duro e apertar os cintos, pois o déficit e a dívida pública não param de crescer.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: