Escolha duvidosa

A indicação do economista Joaquim Levy para a presidência do BNDES foi mal recebida por apoiadores do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). Ex-ministro de Dilma Rousseff e ex-funcionário do Bradesco, estes apoiadores questionam, com razão, se Levy teria o perfil necessário para abrir a caixa preta do BNDES.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: