Ao lado da corrupção

“Ladrão, ladrão, leva ele para Bangu 1!” Este era o desabafo da população carioca ontem quando o governador Luiz Pezão era conduzido para a Polícia Federal depois para o presídio de Benfica e mais tarde para uma unidade militar onde se encontra. Enquanto isso, os ministros Ricardo Lewandowski, Alexandre Moraes, Rosa Weber, Marco Aurélio, Celso de Mello, votaram para que os corruptos da Lava Jato pudessem sair indultados durante o Natal conforme projeto do presidente Michel Temer. Apenas os ministros Luís Roberto Barroso e Edson Fachin votaram pela permanência dos corruptos. Em boa hora o ministro Luiz Fux pediu vistas do processo que não tem prazo para voltar ao plenário. Se esse fato não acontecer este ano, no próximo ele não existirá, já que o presidente eleito Jair Bolsonaro vai anular este indulto.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: