Colarinho laranja

Finalmente as transações criminosas de financiamento entre o Banco Itaú e sua controlada de cartões, a Redecard, estão sendo devidamente investigados. Apesar de todas as regras para coibir o financiamento pelo banco de sua subsidiária, o Itaú sempre inovou com estruturas para driblar as regras, utilizando inclusive dinheiro de terceiros sobre sua gestão. Além das punições administrativas severas, a expectativa do mercado é que altos executivos do banco da área de atacado, banco de investimentos e cartões finalmente respondam por crimes do colarinho branco que vem cometendo há mais de uma década.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: