Quadrilha comprovada

Um relatório da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) comprovou que o Bradesco e Fundo Garantidor de Créditos (FGC), que tem a maioria dos executivos indicados pelo banco, manipularam as cotas de um fundo para roubar mais de R$1 bilhão dos controladores do finado banco Cruzeiro do Sul.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: