Recado aos piratas II

As parcerias obscuras e que aumentam ainda mais a concentração bancária no país entre Banco do Brasil e Bradesco deverão ser revistas pelo novo presidente da instituição. A participação do Banco do Brasil em empresas como Cielo, Alelo e Livelo deverão ser vendidas e os recursos utilizados para capitalizar o banco ou pagar o que ele deve ao Tesouro Nacional.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: