Terrorismo no ar

Passageiros de um vôo da Latam, no último domingo à noite, procedentes de Vitória com destino a Congonhas, viveram vários momentos de tensão e apreensão. Ao se aproximar do destino final, devido ao congestionamento na terminal São Paulo, o avião ficou em uma longa órbita de espera. Durante este procedimento, o comandante avisou que avião estava perto da reserva mínima de combustível e que, se o sequenciamento demorasse mais, ele teria que alternar para Campinas. Após o anúncio, o avião foi finalmente liberado para pouso, mas arremeteu abruptamente em cima da pista, pois havia outra aeronave que havia acabado de pousar e ainda não havia deixado completamente a pista. Neste momento, a tensão no avião só aumentou, especialmente entre os passageiros frequentes, pois quem entende de avião sabe que o procedimento de arremetida consome muito combustível. Com um clima de terror instalado na aeronave, o comandante anunciou que a aeronave faria um novo procedimento e que seria a quinta na fila para pousar. Neste momento, passageiros desesperados começaram a enviar mensagens para parentes e amigos. Após mais uma hora de atraso, o voo felizmente pousou em segurança em Congonhas. Para a maioria dos passageiros, o comandante e a Latam foram irresponsáveis, pois a autonomia limitada de combustível poderia ter causado uma grande tragédia com a arremetida. Os acontecimentos do vôo foram encaminhados ao Cenipa, que irá apurar eventuais omissões da tripulação e da Latam.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: