Sem alternativa 

Com o fechamento anunciado do Campo de Marte, a aviação executiva no Brasil perderá seu principal aeroporto. Sem Marte, centenas de aeronaves e o tradicional Aeroclube de São Paulo terão que brigar por espaço no já disputado aeroporto de Jundiai ou pagar extremamente caro no aeroporto executivo Catarina, maior beneficiário do fechamento do Campo de Marte. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: