Ele continua dormindo

No último dia 18 de dezembro, após quase cinco anos, foi noticiado que ele não precisava mais de aparelhos para respirar. É mentira. Só a família e o presidente da FIA, Jean Todt, tem acesso a ele. Há poucos dias a atual manager do sete vezes campeão do mundo, Sabine Kehm, que após muitos anos foi sua assessora de imprensa e hoje é quem noticia os fatos dele, declarou: “Schumacher continua a se recuperar da queda que o tirou da Fórmula 1 e continua em coma induzido há cinco anos”.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: