Executivos condenados na Lava Jato querem indenizações

As centenas de executivos que foram apanhados na Lava Jato e não mais trabalham na OAS, Odebrecht, UTC, Camargo Corrêa, Andrade Gutierrez e outras menores e que ainda não receberam sua indenizações não conseguem trabalhos e alguns tem débitos altíssimos com seus advogados. Quem conseguiu permanecer no exterior não volta ao Brasil, quem ficou no Brasil e não foi condenado aguarda decisão judicial. Ontem já se falava entre os parlamentares em tomar uma decisão para salvar alguns executivos

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: