Quem fiscaliza?

O Governo do PT de Rui Costa deveria ser investigado pela quantidade de contratos emergenciais que são replicados de seis em seis meses, para a contratação de consultorias, onde são encaixados os apadrinhados políticos. Na Bahia nada mudou. Segundo servidores, irregularidades administrativas acontecem todos os dias, e a administração Rui Costa, dribla as leis estaduais, com o apoio do Ministério Público da Bahia, da Procuradoria e do Tribunal de Justiça.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: