Bola preta

Antes mesmo de assumir o comando da Codemig, galinha de ouro de Minas Gerais, o ex-presidente da Samarco, José Tadeu de Moraes, já tomou bola preta da bancada mineira na Câmara Federal através de uma nota de repúdio. A Samarco, em conjunto com a Vale, foi a grande responsável pela tragédia de Mariana. Pelo visto, o governador de Minas, Romeu Zema e o grupo do Partido NOVO criado para escolher os dirigentes do governo mineiro precisam rever e melhorar muito seus critérios de seleção. A única notícia boa é que finalmente Marco Antonio Castello Branco, caixa e fiel escudeiro de Fernando Pimentel, finalmente deixará o comando da Codemig, após mais de dois meses do início do NOVO governo.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: