Dois a um

Ontem o STF começou a julgar o que muitos querem: a transferência do caixa dois para a Justiça Eleitoral. Os conhecidos Marco Aurélio, primo do ex-presidente Collor e Alexandre de Moraes, nomeado por Michel Temer, votaram para que os crimes sejam julgados pela Justiça Eleitoral. Já o ministro Edson Fachin quer que os crimes sejam julgados pela Justiça Federal. O julgamento foi suspenso e será retomado hoje. Há uma vigilância para que a Operação Lava Jato não seja golpeada por Gilmar Mendes, Ricardo Lewasdosvski e Dias Toffoli. O Brasil está atento para este golpe.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: