Uma região rica abandonada pelo estado e pelo judiciário baiano

O oeste da Bahia, que produz hoje cerca de 6% do PIB agrícola do Brasil, está entregue a um Tribunal de Justiça que está sentado em milhares de processos sobre titularidade de terrenos na região. Na rica área falta energia, não tem estradas, o que prejudica sensivelmente o agronegócio. A grilagem de terra na região conta com beneplácito do Tribunal de Justiça da Bahia. Barreiras, Formosa do Rio Preto, Luís Eduardo Magalhães, são municípios que produzem muito, mas estão abandonados pelo governo baiano e pelo Tribunal de Justiça da Bahia.  

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: