Não são todos os poderes, apenas cinco ministros do STF

A decisão do presidente do STF, Dias Toffoli, de escalar o ministro do STF Alexandre de Moraes para apurar críticas e suspeição sobre o Supremo está errada. Ele teria que fazer um sorteio para escolher entre os ministros aquele que ele queria. Mas não, ficou com quem ele indicou para o STF, Alexandre de Moraes. Outro erro de Toffoli é afirmar que os poderes estão sendo atacados, não é verdade. Igreja, forças armadas e outras instituições não estão sendo atacadas. É só ir para as redes sociais que continuam fazendo duras críticas a Dias Toffoli, Gilmar Mendes, Marco Aurélio e Ricardo Lewandowski. Ninguém ataca os ministros Barroso, Fachin, Celso de Mello, Rosa Weber, Cármen Lúcia e Fux. Sábado, enquanto o presidente da Câmara Rodrigo Maia recebia o presidente da República e o presidente do STF, o presidente do Senado foi surpreendido. Bolsonaro chegou com mais de dez ministros e o assunto não foi ventilado. No Senado há uma reação muito forte dos senadores afirmando que o presidente da casa, Davi Alcolumbre, não pode assumir uma posição contra a CPI da Lava Toga. O assunto vai aflorar a partir de amanhã.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: