Falta de pudor e de vergonha

Paulo Preto, operador do PSDB, condenado a 145 anos de prisão, reiterou na sua confissão que tem 138 milhões de reais em quatro contas na Suíça. O Ministério Público Federal e a Polícia Federal estão checando os dados, mas o que é estranho é como um simples funcionário do Governo paulista conseguiu juntar tanto dinheiro. Mas o que se vê é que ele quer ser julgado por evasão de divisas e sonegação fiscal. A Polícia Federal e o Ministério Público Federal já concluem os trabalhos na Suíça.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: