Suspeição (I) A defesa do Estado Democrático

Não foi surpresa para ninguém a notícia da revista digital Crusoé referente à delação do empreiteiro Marcelo Odebrecht envolvendo acertos com Dias Toffoli-STF quando era chefe da AGU no governo Lula. Não caberia agora uma manifestação formal da Procuradora-Geral da República Raquel Dodge, pedindo a suspeição de Dias Toffoli nos casos envolvendo interesses Lula, Marcelo Odebrecht e o PT, inclusive dos votos de Toffoli em processos anteriores. O Estado Democrático agradeceria.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: