Investidores sabiam que o terreno é de área de proteção ambiental

Os compradores de um enorme terreno no arquipélago de Tinharé e Boipeba, que tiveram o início da obra embargada, sabiam que a área é de proteção ambiental. Acreditaram que por ser um terreno de muito valor e comprado por Armínio Fraga, ex-presidente do Banco Central, e a família Marinho do Grupo Globo teriam facilidade para derrubar os entraves. Agora são os nativos da área que fazem vigília constante apesar da proibição do Ministério do Meio Ambiente já estar determinada.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: