PGR pede perda de mandato e 22 anos de prisão para Collor

O ex-presidente e atual senador Fernando Collor de Mello, que por sinal está licenciado do mandato, teve prisão de 22 anos pedida pela Procuradora-Geral da República, Raquel Dodge, e perda do mandato. Ele está envolvido em corrupção na BR Distribuidora, que nos governos de Lula e Dilma era reduto dele. O processo vai ser julgado pelo STF que, aliás, só está soltando corruptos. Collor hoje é muito mais preocupado com sua vida empresarial, principalmente com o complexo jornalístico ligado ao Grupo Globo. Ele tem TV, rádio e jornal. Os irmãos Pedro e Leopoldo já morreram e hoje ele tem comando do grupo de comunicação alagoano.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: