A fonte secou e o PT emagrece

O MBL postou nas redes sociais uma mensagem que deve ser vista por todos os brasileiros. O célebre comercial do Banco do Brasil, que o presidente Jair Bolsonaro mandou tirar do ar, custou dezessete milhões de reais. A título de comparação, o premiado filme Tropa de Elite II custou catorze milhões de reais e olha que teve como ator principal o baiano Wagner Moura, que por sinal é militante do PT. Faroeste Caboclo, outro filme brasileiro, teve sua produção no valor de 400 mil reais. É um verdadeiro escândalo que só quem está criticando é quem perdeu o comercial, leia-se Folha de São Paulo e Grupo Globo. A farra com o dinheiro público está acabando.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: