Centrão – Aliados do Atraso

O deputado Paulinho da Força Sindical tornou pública no 1º de Maio a sórdida estratégia da gangue do Centrão: aprovar uma tímida reforma da previdência de tal forma que não se fortaleça Bolsonaro e aliados como Moro e Guedes nas próximas eleições. Não causou nenhuma surpresa essa nova articulação aos moldes de uma quadrilha, os interesses das oligarquias do atraso preponderando sobre as demandas reais da sociedade mais uma vez. Indignos deputados, falsos representantes do povo, já circulava por Brasília que Rodrigo Maia, eleito com apoio do Centrão presidente da Câmara de Deputados, seria um dos artífices dessa perversa manobra.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: