Mais denúncias

Agora o Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União pediu à corte que apure a conduta de Davi Alcolumbre, que se nega a revelar as despesas do seu gabinete e dos demais senadores. Um gasto de um milhão de reais só no gabinete dele com gráficas e uma delas disse que nada recebeu. A Justiça federal de Minas Gerais deu um prazo de vinte dias para que ele abra o sigilo e revele os gastos.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: