Provocação esquerdopata

Após o presidente Jair Bolsonaro postar uma foto em uma loja do Mc Donalds, a rede Burger King, controlada por Jorge Paulo Lemman, grande fã e apoiador de Fernando Haddad (PT), entrou em um território extremamente perigoso ao anunciar a intenção de contratar os profissionais que atuaram no comercial multi milionário do Banco do Brasil vetado pelo presidente. Se por um lado, o anúncio ganhou enorme destaque e repercussão nas redes sociais, ocupando até a liderança dos assuntos mais comentados no Twitter, por outro ele deverá render muita dor de cabeça para a rede de fast food, uma vez que simpatizantes do presidente estão promovendo um boicote às suas lojas. Em um tom descontraído, Bolsonaro respondeu à provocação dizendo o seguinte: “Qualquer empresa privada tem liberdade para promover valores e ideologias que bem entendem. O que não pode ser permitido é o uso dinheiro dos trabalhadores para isso. Não é censura, é respeito à população brasileira.”

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: