Crise se agrava nas TVs por assinatura

Não é só na TV aberta que a crise chegou; também nas televisões por assinatura onde o sinal é claro: os programas são repetitivos, mal elaborados e com entrevistas longas. O mais grave é que, sem conteúdo, a TV Senado e a TV Câmara são duas decepções. Reprisam fatos recentes quase que diariamente, as sessões do Congresso são transmitidas de acordo com a vontade do presidente do Senado e do presidente da Câmara. Em meio a este total descrédito, quem mais sofre é a população brasileira que ainda assina esses canais particulares. Não é sem razão que as redes sociais estão tomando conta do país.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: