Pareceres que valem ouro

Joaquim Barbosa, após deixar o STF, ao invés de entrar para a política, como vinha sendo sugerido, resolveu atuar como parecerista. Em parceria com advogados na capital federal, o ex-ministro aceita proferir apenas três pareceres por mês e cobra R$300 mil por cada um. Sua experiência e reputação garantem as contratações e geram fila de espera.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: