Mala preta lidera

O banco suíço Credit Suisse, que ficou famoso no mercado financeiro por ganhar centenas de milhões de reais com o FI-FGTS na era Cunha e Funaro e por enriquecer diretores de bancos estatais, foi estranhamente escolhido para liderar o sindicato de bancos que irá assessorar a Caixa Econômica Federal na abertura de capital de seu braço de cartões. Pelo visto, os esquemas da lavanderia suíça e as contas em Lugano continuam encantando executivos da Caixa mesmo na era Bolsonaro.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: