Um político sem bússola

Ontem no Congresso Nacional, o assunto foi o presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia. Em entrevistas a dois jornais que fazem oposição ao governo, Globo e Estado de São Paulo, ele atirou para todos os lados. Em recente passado, atacou o presidente da República, depois o ministro da Justiça Sérgio Moro, recuou e começou a elogiar aqueles que tinha atacado. Paulo Guedes era o herói dele, no fim de semana ele atacou o ministro da Economia. Sem nenhuma bússola, Rodrigo Maia continua caindo no descrédito popular e fechado no seu gabinete, cercado de seguranças, não entende que as manifestações feitas contra ele sempre foram normais no Rio de Janeiro. Um velho senador revelava ontem nos corredores do Senado: “Manda ele andar no calçadão de Ipanema ou pegar um voo comercial”.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: