Pizza encomendada

O banco britânico HSBC terá dificuldades pela frente para retornar ao Brasil. É que diretores do banco, que ainda estão à frente das atividades da instituição que restaram no país, pagaram para que a CPI do HSBC, instalada em 24 de março de 2015 para investigar a evasão fiscal de brasileiros no Swissleaks, terminasse em pizza. Através de um influente lobista em Brasília, o presidente do HSBC na época, André Brandão, ainda no banco, conseguiu inclusive um ensaio com membros da comissão antes do seu depoimento. O ensaio foi registrado pela Polícia Federal, que investigava a participação do lobista em outro caso, e sua divulgação deverá colocar o HSBC novamente nas páginas policiais. A compra do resultado da CPI deverá dificultar a aprovação dos pleitos da instituição britânica perante o Banco Central brasileiro. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: