Líderes do centrão viram réus na Lava Jato

A Segunda Turma do STF tornou réus por organização criminosa os deputados federais Agnaldo Ribeiro, ex-ministro da cidade no governo Dilma, Arthur Lira, atual líder do PP na Câmara e Eduardo da Fonte, também do PP. Além destes três, também virou réu o presidente do PP nacional o senador Ciro Nogueira. Pela condenação votaram Cármen Lúcia, Edson Fachin e Celso de Mello. Pela absolvição Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: