Na capital da corrupção não sobra ninguém

Brasília já teve governador preso, José Roberto Arruda, dois senadores, Luiz Estevão e Gim Argello e agora duas das três filhas do ex-governador Joaquim Roriz foram condenadas pela 2ª Vara Criminal de Brasília a dois anos de prisão, Jaqueline e Wesliane Roriz. O fato chama atenção porque não é de agora que políticos e empresários da capital federal se envolvem e são condenados nesses processos iniciados pela Lava Jato.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: